Você está em: Notícias»SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 26 DE FEVEREIRO

SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 26 DE FEVEREIRO

SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 26 DE FEVEREIRO
Assim como a Sessão do dia 05 de fevereiro, essa reunião foi pautada por mais uma Denúncia, a segunda em 2019, de autoria do Senhor Mackson Antônio da Silva, em desfavor do Exmo. Prefeito Municipal, Senhor Ronilton Gomes Cintra, por PRÁTICA DE INFRAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA, CONFORME AS RAZÕES DE FATO E DIREITO QUE MENCIONA, REQUERENDO QUE SEJA DECRETADA A PERDA DE SEU CARGO. Mais uma vez, o público que marcou presença no auditório do “Plenário Hélio Teixeira de Azevedo” - cerca de 50 pessoas - e aqueles que acompanhavam a Sessão, ao vivo, através do site oficial da Câmara na Internet - pico de 320 usuários simultâneos - observaram atentamente a leitura da Denúncia, que baseou-se na Lei Orgânica Municipal, revisada e promulgada em janeiro deste ano. Encerrada a leitura do documento e respeitando o Regimento da Casa, foi concedido o uso da palavra na tribuna aos cidadãos Alencar Vitor Santana e Mackson Antônio da Silva, previamente inscritos antes do início da Sessão. Logo após, cada Vereador também teve a oportunidade de discursar sobre a matéria em pauta. As explanações de todos eles podem ser conferidas na íntegra no Site da Câmara, através do endereço http://legislador.diretriznet.com.br:8080/LegisladorWEB.ASP?WCI=VideoVer&ID=353&tpVideo=1&dtVideo=26/2/2019, ou ainda através do canal oficial do Legislativo no Youtube. Para isso, basta acessar a plataforma de vídeos e procurar por “Câmara Municipal de Itaú de Minas”. A votação ocorreu por chamada nominal de cada Vereador presente, respeitando a ordem alfabética, e cada Parlamentar registrou o seu voto no sistema eletrônico após proferi-lo oralmente. O resultado final, então, ficou da seguinte forma: 05 (cinco) a favor da aceitação da Denúncia e 04 (quatro) votos pela rejeição da mesma. Votaram pela aceitação da Denúncia os Vereadores Davi Oliveira de Sousa, Gilmar dos Santos Chaves, Juliana Mattar, Oberdan Faria e o Presidente da Mesa Diretora, Vereador Matheus Vilela Silva. Já contrários à aceitação da Denúncia, votaram os Vereadores Antônio dos Reis Nunes, Denis Donizetti Magalhães, Donizetti Antônio de Amorim e Roberto Gonçalves Vieira. Dessa forma, tal como ocorreu no dia 05 de fevereiro, tendo em vista que o quórum para a aceitação da Denúncia deveria ser de 2/3 (dois terços), a matéria não foi aceita e o requerimento para abertura de processo de cassação do mandato do Exmo. Prefeito Municipal foi automaticamente arquivado. O vídeo dessa Sessão, assim como de todas as demais Sessões da Legislatura 2017 / 2020, podem ser conferidos na íntegra no site oficial da Câmara, através do endereço: http://camaraitaudeminas.mg.gov.br/


© 2019 - Desenvolvido por Lancer