Você está em: Notícias»ITAÚ DE MINAS | DO TAMANHO DOS SEUS SONHOS

ITAÚ DE MINAS | DO TAMANHO DOS SEUS SONHOS

ITAÚ DE MINAS | DO TAMANHO DOS SEUS SONHOS
“Eu acredito em vocês e gostaria que vocês também acreditassem em mim.” Foi com essa frase, uma espécie de mantra que evoca união, que o Presidente da Câmara Municipal de Itaú de Minas, Vereador Donizetti Amorim, deu início ao encontro com produtores rurais, artesãos e representantes do Grupo Mulheres Empreendedoras, do Executivo Municipal e da Associação Comercial na última quarta-feira (29), ocorrido na sede do Legislativo. O público, que praticamente lotou o Plenário da Câmara, acompanhou atentamente, por cerca de uma hora, a exibição do Documentário “Itaú de Minas | Do Tamanho dos Seus Sonhos”, que trata-se de um registro da visita que uma comitiva composta por membros do Legislativo e do Executivo Municipal, além de representantes de produtores rurais, do grupo Mulheres Empreendedoras e da EMATER / MG, fez ao Circuito das Águas Paulista no mês de julho. Na ocasião, representantes da Câmara viajaram em busca de conhecimento técnico e Legislativo, visando possibilitar novas oportunidades relacionadas à geração de emprego e renda em Itaú de Minas, através da importação de ideias criativas e de práticas de sucesso. Tanto a viagem, que durou dois dias e passou por três cidades do interior paulista - Santo Antônio de Posse, Holambra e Pedreira - quanto o encontro desta quarta, são desdobramentos do Projeto “Fru-tos do Eucalipto”, idealizado pela atual Presidência da Câmara, capitaneada pelo Vereador Donizetti Amorim, e que embora tenha sido concebido há poucos meses, já vem apresentando resultados surpreendentes. Ao final do Documentário, lideranças locais discursaram sobre a importância da união e do cooperativismo como ferramentas transformadoras em momentos de crise e na geração de emprego e renda. Logo após, todos se dirigiram ao Salão Nobre da Câmara e puderam observar de perto os protótipos de uma apiária e de duas barracas. A apiária, espécie de caixa onde são cultivadas colmeias de abelhas para fazer a comercialização do mel, foi apresentada para apicultores do Município, ou para aqueles que pretendem ingressar no ramo. Já as barracas, fazem parte de um Projeto derivado do “Frutos do Eucalipto” e que prevê a composição de uma feira livre nos arredores da Estação Cultura, onde artesãos e produtores rurais poderão expor e vender os seus produtos.


© 2018 - Desenvolvido por Lancer